fikdik

decorar, um processo contínuo

Moro neste lar, carinhosamente chamado de Blackbird Manor (reciclando antigos nomes de moradias, com certeza) desde abril de 2016. Mesmo antes de pegar as chaves já conseguia visualizar o que eu queria para cada cômodo. Em termos de mobília ainda falta um sofá na sala (que se tornou um projeto a looooongo prazo no dia em que decidi querer um sofá de couro – e não vai ser nessa Black Friday que vai rolar levar Mozão* pra casa), mas no geral o apartamento está bem evoluído em termos de mobiliário e decoração.

A parte legal de montar um apartamento do zero é acompanhar as mudanças. Bem no começo pode ser chato dormir num colchonete e esperar chegar o kit iniciante de eletrodomésticos – fogão, geladeira e máquina de lavar roupa, mas com tempo e paciência as coisas vão indo para o seu devido lugar. Hoje falta bem pouco para encerrar o processo de mobiliar a casa comparado com o apartamento vazio de abril. Ainda quero uma tv na sala (obrigada Black Friday pela graça alcançada), mais pelo conforto de assistir filmes e séries em uma tela maior do que a do tablet, que foi o que tivemos para hoje nos últimos anos. E serviu muito bem até o momento 🙂

Agora, BRACE YOURSELVES porque vai começar a galeria de selfies na frente do espelho da sala, mas vocês podem – e devem – deixar esse detalhe de lado porque o objetivo aqui é mostrar, pelo menos uma palhinha das mudanças nesse longo processo de transformar um apartamento em um lar. Vem comigo!

no primeiro final de semana em Blackbird Manor ❤

Como é possível observar, parede roxa e parede lilás. Na lilás tinha um adorno de parede puxadíssimo de encarar, mas contatei a imobiliária antes mesmo de mudar e pedi para retirar (porque do contrário seria obrigada a fazer uma fogueira com ela, hahaha! #brinks). Nenhuma dessas cores combinava com meu projeto de decoração, e na parede lilás já queria fazer uma parede com efeito de cimento queimado (vai ter post sobre o ~making of~, em breve), mas até ter dinheiro para comprar o material e de fato colocar o plano em prática levei meses. Outras coisas mais urgentes estavam na frente na fila das contas, faz parte.

Já para a parede roxa, inicialmente eu ia jogar um cinza, mas meus amigos feat. anfitriões (Oi Simone, oi Felipe! :D) me inspiraram a acrescentar pelo menos um ponto de cor nesse cômodo. Eles têm uma parede verde escura muito linda na casa deles e a partir daí passei a buscar uma cor que ornasse com o cimento queimado, bem como com o resto da decoração planejada. Numa ida a uma loja de construção dei uma boa e longa pesquisada na cartela de cores e achei um tom de cereja.

E isso é muito legal. Gosto muito e sempre busco inspiração no Pinterest e nas casas dos amigos, mas sempre adapto as inspirações para o que eu tenho e para o que eu quero. Sempre leve em consideração a arquitetura da tua casa: iluminação, distribuição de cômodos, a orientação geográfica da tua casa ou apartamento; porque tu podes achar uma cor escura maravilhosa mas que num cômodo sem uma boa iluminação natural ou muito pequeno não vai ficar tão legal. Adaptar a expectativa à realidade sempre ajuda na hora de prevenir decepções.

E segue o baile das fotos!

teve essa época de parede cereja e parede lilás e *muita* bagunça da mudança.

Achei importante colocar esse registro, porque na maioria das vezes, com trabalho, amigos, e vida em geral nem sempre sobra tempo para arrumar tudo de uma vez. Convenhamos, tem final de semana que a gente não quer fazer nada mesmo, mas confia que uma hora a bagunça some tu fazes a bagunça sumir.

Aí já foi na véspera de pintar a parede lilás de branco pra tirar esse fundo na hora de passar a massa (que levou uns dois meses pra acontecer).

e VOILÁ! já deu uma cara nova na sala ❤

quando apliquei a primeira demão da massa com efeito de cimento queimado feat. Lena em todo o seu esplendor <333333

E aqui uma foto mais recente com duas demãos da massa. Falta uma ainda, sem data definida para acontecer.

*tudo que é lindo e maravilhoso nessa vida merece esse nome e uso de forma irrestrita mesmo. 😀

Advertisements
Standard

5 thoughts on “decorar, um processo contínuo

  1. To pra me mudar no mês que vem, o ap não é meu, mas é o mais próximo disso que já tive… to bem ansiosa!
    Assim que fui visitar o ap já fiquei toda alegre pois daria pra ter plantas, yey! E amei essa sua da foto, mas eu não entendo NADA de plantas.
    Bom, sua planta é linda, seu cabelo nas fotos está UM SONHO! Quem que pinta a parede, um momento em que qualquer um fica zoneado, e permanece com esse cabelo dos deuses?
    Ansiosa pra ver mais posts com fotos do seu ap ♥

    • Oi Barbara! Fico bem feliz por ti, e calma que vai dar tudo certo, haha! Ninguém monta um apartamento dum dia pro outro e é justamente o processo de montar que é bonito de se ver. Fiz dois posts sobre plantinhas legais para se ter em casa e todas de fácil manutenção, dá uma olhada. 😉 e se tiveres bichinho de estimação, é bom sempre dar uma pesquisada antes de comprar, porque algumas plantas são nocivas para eles, também vai ter post sobre isso aqui. Obrigada pela visita e Boas Festas para ti! 🙂

      • Oi, Tatiana! Já me mudei! Deu trabalho mas tá sendo legal. Agora to focando em colocar tela em tudo por causa dos gatos e pintar uma parede mais coloridinha, lá estão todas branquíssimas e isso me incomoda um pouco hahahahah Aguardo os posts ❤

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s